#DICASZEN, Alimentação

Alimentação e nutrição para idosos

Sabia que a nutrição é um importante fator para a saúde e qualidade de vida do idoso? Adotar uma alimentação saudável e com os nutrientes necessários garante mais uns anos para serem aproveitados por eles. 

 

A maioria das causas de falecimento entre idosos são decorrentes de doenças previsíveis e passíveis de prevenção. Assim, investir em uma boa nutrição não apenas evitam a morte precoce como o surgimento dessas enfermidades. 

 

O idoso deve ter uma dieta equilibrada em carboidratos, proteínas e gorduras. Vitaminas e minerais também são são essenciais por adequar diversas funções no organismo, 

 

Os bons nutrientes são antioxidante e previnem o envelhecimento e aparecimento de doenças. 

 

É imprescindível também, que a refeição apresente aspectos agradáveis, como cor, sabor, aroma e textura, e que o prazer seja prioridade no momento da refeição, atendendo as preferências do idoso.

Qual os perigos da falta de nutrição para o idoso?

 

Muitos idosos vivem sozinhos e às vezes sem condições de preparar suas refeições, e a falta de nutrição gera em restrições fisiológicas como:

 

  • Deficiências sensoriais: alguns sentidos podem ficar comprometidos e o indivíduo pode começar a ter problemas que influenciam sua capacidade de alimentar-se. 
  • Função hormonal: com a andropausa e menopausa, há uma mudança brusca na produção de hormônios de homens e mulheres, podendo influenciar em seu apetite, humor e disposição. 
  • Problemas digestivos: a velhice acarreta na perda do tônus muscular, gerando problemas como constipação, infecções, dificuldades de digestão e absorção;
  • músculos: o organismo apresenta enfraquecimento e redução do tecido muscular. A suplementação e a prática de atividades físicas como musculação também podem ajudar a amenizar essa situação;

Maneiras de fornecer uma alimentação de qualidade aos idosos

 

Invista em alimentos nutritivos, que sejam variados em quantidades adequadas. Isso é fundamental para uma boa alimentação ao longo da vida, e especialmente na terceira idade.  A alimentação tem que ser rica em proteínas, o ômega 3 e o cálcio, que atuam na manutenção da massa muscular, da capacidade cognitiva, e da estrutura óssea, respectivamente. 

 

Portanto, devem ser prioridade em qualquer tipo de produto, e se estiverem naturalmente presentes, tanto melhor.

 

E invista em produtos de fácil digestão, sendo ricos em fibras potencializam a absorção de nutrientes e ajudam a evitar a constipação. Fique atento aos teores finais de gordura, açúcar e sal. 

 

Assim o idoso terá uma alimentação rica em nutrientes, proporcionando mais saúde e longevidade. 

Saiba também como manter a alimentação saudável no trabalho!

Vem ser Zen!

Deixe uma resposta