#DICASZEN, Alimentação

Alimentação na terceira idade

Alimentação na terceira idade: cuidados necessários para essa fase da vida

 

Uma alimentação saudável é fundamental para qualquer fase de nossas vidas. Mas com a chegada da terceira idade, a atenção a ela deve ser redobrada. Isso porque o organismo necessita de mais nutrientes importantes. 

 

Com o passar dos anos, o organismo da pessoa vai mudando, que altera o funcionamento da mobilidade, gera carência de vitaminas, deixando ele mais lento. O processo de digestão, por exemplo, pode ser prejudicado com alguns alimentos. 

 

Então a alimentação voltada para os idosos devem ter um diferencial. E não apenas na quantidade, como também na qualidade das refeições oferecidas. 

 

De acordo com nutricionistas, reduzir a quantidade de sal e açúcar e manter alimentos essenciais fazem um grande diferencial na saúde do idoso. 

 

Após os 60 anos, o corpo apresenta doenças cardíacas e hipertensão, consideradas  comuns nessa fase. E ingerir alguns alimentos pode contribuir para o surgimento e até agravar o quadro. 

 

Então, é importante que se tenha uma alimentação cheia de vitaminas e nutrientes essenciais para a saúde do idoso.

Porque é importante que um idoso tenha uma alimentação saudável?

 

Devido às mudanças que corpo sofre, é importante que inclua nutrientes que sintomas comuns em pessoas da terceira idade, como cansaço ou fraqueza nos ossos.

 

Alimentos com vitaminas e minerais melhoram a sensação de bem-estar, e os carboidratos ajudam no funcionamento do intestino da pessoa idosa. 

 

E os bons alimentos podem prevenir o aparecimento de doenças crônicas, como hipertensão e problemas cardíacos. 

 

E alimentos industrializados devem ser evitados, pois são pobres em nutrientes e ricos em sódio, corantes e estabilizantes, usados para dar cor e conservação. E eles são um verdadeiro perigo para a saúde dos idosos. 

 

Que nutrientes devem ser inseridos?

 

Na terceira idade, é importante que nutrientes essenciais para a saúde do organismo sejam inseridos diariamente na alimentação. Confira quais são eles!

Zinco

 

O zinco está presente em castanhas, oleaginosas, carnes e arroz integral. Esse nutriente auxilia que o sistema imunológico se fortalece e ainda desacelera o envelhecimento das células.

Cálcio

 

A osteoporose atinge os ossos, que se desgastam com o avanço da idade. Por isso, é importante adicionar à dieta alimentos como leite, folhas verde-escuro e a quinoa.

Vitamina D

 

Alimentos ricos em vitamina D também devem ser inseridos na alimentação do idoso. Aliada ao cálcio, ela ajuda a prevenir a saúde dos ossos e também da pele. 

Fibras

 

A prisão de ventre também ataca muito a pessoas idosas. Para diminuir o problema, os idosos devem consumir alimentos ricos em fibras como linhaça, farelo de trigo, de arroz e de aveia. 

Potássio

 

A perda de potássio é um grande problema para os idosos, pois ele previne a hipertensão. Então, o idoso precisa incluir em sua dieta alimentos como: banana, soja, damasco, abacate, iogurte, ameixa, melancia, feijões e ervilha, pois são ricos nesse nutriente.

Ômega-3

 

Consumir Ômega-3 estimula o cérebro do idoso, atuando nas células nervosas, importante na prevenção do mal de Alzheimer, Parkinson, depressão, perda de memória e concentração.

 

Assim, você aprendeu sobre a importância da alimentação saudável para a saúde do idoso. Insira estes nutrientes e garanta mais anos de vida, aliando com boas práticas, como exercícios físicos, com orientação profissional. 

Deixe uma resposta