#DICASZEN, Alimentação

Você sabe o que são ingredientes sintéticos?

Difícil você ir às compras, para não dizer impossível, e não se deparar com produtos produzidos e\ou embalados com ingredientes sintéticos. Eles estão por todos os lugares, desde os alimentos aos produtos de beleza, tomando cada vez mais espaço nos mercados mundialmente.  

Os ingredientes sintéticos são produzidos em laboratórios de forma artificial, imitando ou tentando imitar os ingredientes naturais. Em sua grande maioria, não são biodegradáveis e podem trazer riscos à saúde.

Dentre alguns ingredientes estão: conservantes, aromatizantes, parabenos, etc. No geral, são ingredientes feitos a base de petróleo ou derivados, amônia, ácidos, silicone, entre outras substâncias.

Benefícios 

Os cosméticos sintéticos, mais precisamente os produtos para os cabelos, são os que trazem maior benefício. Isso porque são fabricados a base de silicone, deixando os fios dos cabelos mais macios.

Além disso, as indústrias estão investindo cada vez mais em novas tecnologias e consequentemente vem criando diariamente novas fórmulas de cosméticos, cada vez mais eficazes.

Outro ponto, é que esses cosméticos sintéticos costumam apresentar uma durabilidade, efeito e textura superiores aos dos cosméticos à base de ingredientes naturais, evitando turbidez, mudança de coloração e variações de viscosidade.

De modo geral, os ingredientes sintéticos têm a função de:

  • Potencializar os efeitos do produto;
  • Causar sensações;
  • Aumentar a validade;
  • Diminuir o custo

Eles cumprem bem todos esses papéis.

Desvantagens

Existem diversas pesquisas em andamento a respeito dos riscos à saúde para quem utiliza produtos com ingredientes sintéticos. Alguns deles estão associados ao câncer.

Entretanto, ainda não existe nenhuma comprovação, apenas pesquisas. O importante é aprender a ler os rótulos de cada produto e entender cada um daqueles componentes, pois é de extrema importância, saber a procedência do que consumimos e utilizamos.

Nova era dos alimentos 

As indústrias vêm investindo na criação de alimentos sintéticos, afirmando serem mais saudáveis, além de alegarem ser uma forma de alimentar toda a população mundial que vem crescendo ano a ano de forma descontrolada. 

Esses alimentos são modificados geneticamente para que tenham mais nutrientes do que os produzidos pela natureza. As industriais estão investindo fortemente em pesquisas para desenvolver legumes, frutas e vegetais mais nutritivos que os naturais, um exemplo disso é a tentativa de criar um brócolis com três vezes mais glucorafanina (substância ligada ao combate ao câncer) e o alface com 146% mais ácido fólico e 74% mais vitamina C que o normal.

De modo geral, o consumo moderado é importante, independente de qual seja o produto adquirido, além disso, deve-se ficar atento a cada ingrediente que compõem o produto para não pôr em risco sua saúde.

Acesse também: Alimentos industrializados: O que evitar?

Conheça nossos produtos!

Deixe uma resposta