Home #DICASZEN Você sabia que pular o café da manhã é uma prática mais comum do que podemos imaginar?

Você sabia que pular o café da manhã é uma prática mais comum do que podemos imaginar?

3 min leitura
0

Seja por falta de tempo, preguiça, falta de apetite ou falta de hábito, qualquer motivo acaba se tornando suficiente para pularmos essa refeição. Independente se você acorda para trabalhar ou praticar algum exercício, seu corpo precisará de energia para repor o que foi gasto durante o período de descanso.

Durante o sono, nosso organismo segue trabalhando para manter funções básicas como a respiração, frequência cardíaca, circulação, produção hormonal, ou seja, segue gastando energia. Desta forma, para que possamos garantir um bom funcionamento do cérebro durante o trabalho ou o estudo, e para garantirmos energia chegando de forma suficiente ao músculo durante a prática de exercício, precisamos estar bem alimentados.

Os indivíduos que fazem a primeira refeição do dia de forma balanceada e equilibrada tendem a ter um aumento da capacidade de trabalho, melhora da concentração e redução do apetite (evitando “picos” de fome, beliscos e compulsão alimentar, principalmente no final da tarde). Sem contar que, pessoas que se alimentam de forma correta antes da prática de atividade física, conseguem obter melhores resultados em relação à queima de gordura e aumento da massa muscular.

É claro que todas essas questões podem variar de um indivíduo para outro e que o jejum intermitente, realizado com orientação de um profissional apto para isso, pode ser uma ótima estratégia de emagrecimento, principalmente para indivíduos obesos, que possuem uma resistência ao hormônio chamado insulina, responsável por controlar a entrada de açúcar nos nossos tecidos.

E para que possamos garantir essa energia “limpa” logo no início da manhã, deixe de lado alimentos com capacidade pró-inflamatória, tais como:

  • Pães brancos, salgados, brioches, cereais açucarados, achocolatados, biscoitos
  • Margarina, requeijão, leite integral, iogurte integral, presunto, mortadela, salame, peito de peru, queijos amarelos, salsicha
  • Suco de caixa, bebidas industrializadas em geral

Opte por alimentos naturais, ricos em fibras, vitaminas, minerais, gorduras insaturadas, proteínas magras:

  • Pães integrais, tapioca, torradinhas de arroz;
  • Aveia, quinoa em flocos, granolas, farinha de coco, farinha de amêndoa, semente de chia, farinha de linhaça;
  • Raízes- batata doce, batata baroa, inhame, aipim
  • Frutas
  • Sucos naturais (batidos com água, fibras, vegetais crus)
  • Iogurte desnatado
  • Leite de amêndoa, leite de coco, leite desnatado;
  • Frutas oleaginosas e sementes (castanhas, nozes, amêndoas, semente de abóbora, semente de girassol….)
  • Ovos
  • Abacate
  • Queijos brancos

Tendo em vista todos os aspectos citados acima, alguns alimentos podem se tornar essenciais e indispensáveis à nossa mesa. A Granola Gold da Onda Zen é um ótimo exemplo. Adoçada de forma
natural e elaborada com uma diversidade de ingredientes de primeira qualidade, esse alimento fornece:

  • Ótimas fontes de carboidratos (aveia em flocos, amaranto) que garante a energia necessária para começarmos um dia puxado ou para praticarmos um exercício.
  • Excelentes fontes de gorduras provenientes das frutas oleaginosas, óleo de coco e sementes (castanha doe baru, caju, semente de abóbora, gergelim), que possuem também grande quantidade de nutrientes antioxidantes em sua composição, ajudando a eliminarmos as substâncias toxicas produzidas pelo nosso próprio organismo (durante um estresse físico ou mental) ou proveniente de uma má alimentação ou hábitos de vida ruins.

Experimente essa delicia no seu dia-a- dia. Inclua a Granola Gold Onda Zen em: frutas, sucos, açaí, shakes, iogurtes de acordo com sua rotina e seus objetivos individuais.

Dica de desjejum balanceado:

  • 1 porção de frutas coberta com Granola Onda Zen
  • 1 fonte de proteína e/ou gordura: ovos, iogurtes desnatados enriquecidos com proteína, abacate, pasta de nuts (amendoim, amêndoa, macadâmia, castanha…) leite vegetal (amêndoa e coco são ótimas opções)…
  • Acrescente: canela, semente de chia, gengibre em pó e temperos de seu gosto. Use sua criatividade

RENATA PARRA

NUTRICIONISTA ESPORTIVA

FITOTERAPIA FUNCIONAL

COACHING EM NUTRIÇÃO

Graduada pela UNIRIO

Pós- graduada em nutrição esportiva e fitness corporativo pela UFRJ

Pós graduada em Fitoterapia funcional (VP)

Nutricionista do Clube de Regatas Flamengo- CRF

Nutricionista do Comitê Olímpico Brasileiro- COB

Email: renata_parra@yahoo.com.br

Telefone consultório: 21 3591-5131

instagram: @esportenutri_rc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Novidades