#DICASZEN

Yoga e alimentação

A yoga e a alimentação nutrem não apenas o corpo físico, mas ajuda na disposição e melhora da saúde mental. Saiba mais! 

Qual a relação que existe entre a yoga e a alimentação? É mais próxima do que você imagina, porque em ambos os casos, ter equilíbrio é fundamental!

Quem pratica yoga naturalmente busca um estilo de vida mais saudável, que inclui o que é ingerido pelo corpo. 

E além de ser uma excelente opção de atividade física,  a prática de yoga também é uma filosofia de vida que busca através de seus valores e princípios o verdadeiro equilíbrio físico, emocional e o bem estar do eu.

E sabemos o quanto é importante manter uma alimentação saudável em nossa rotina. Porque a maneira como nos alimentamos tem um papel importante no nosso corpo e isso reflete no nosso comportamento, e em nosso bem estar físico e emocional. 

Daí vem a relação entre yoga e alimentação. Não dá para buscar o bem estar através da prática do yoga e ignorar essa parte importante que é a alimentação.

Por isso, veja a seguir quais são os alimentos ideais para quem pratica yoga. 

A alimentação na yoga

Muito mais do que apenas ingerir comida, a alimentação na yoga busca uma reflexão sobre o que se come. 

Por isso é preciso tomar consciência daquilo que se coloca no prato, mastigar bem e calmamente para sentir as diferentes texturas e sabores. Por isso, escolha alimentos saudáveis e que não infrinjam as bases da yoga que prezam a bondade e o não sofrimento.

E também é importante levar em consideração não só os efeitos orgânicos dos alimentos, mas também os seus efeitos subtis sobre a mente. 

Por ossp. deve-se os alimentos excessivamente estimulantes que tornam a mente instável, bem como os alimentos demasiadamente pesados que nos levam a um estado de prostração.

Os alimentos que mais nos trazem equilíbrio e harmonia, e por isso são mais adequados a prática de Yoga e meditação, são:

  • Frutas frescas e de estação.
  • vegetais, sobretudo quando frescos e cozidos. 
  • Grãos, sementes e nozes.
  • Leite, queijos frescos e ghee orgânicos.
  • Adoçantes naturais como mel 
  • Óleos virgens como o de gergelim, coco e oliva.
  • Especiarias, ervas doces e picantes suaves: gengibre, canela, cardamomo, cúrcuma, funcho, coentros e manjericão. 
  • Comida feita com amor e consciência

Portanto, vale ressaltar que a yoga busca o equilíbrio e o bem estar do ser. Se alimentar conscientemente faz parte do processo de busca por uma vida mais plena e equilibrada.

E se você quer mais dicas como essas, acesse o blog da Onda Zen, que está repleto de conteúdos que te ajudam a ter um hábito de vida mais saudável! 

 

Deixe uma resposta

Yoga-e-alimentação

Deixe uma resposta